BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

sábado, 16 de outubro de 2010

Indiferença...


Sabe o que mais dói? Saber que se passaram nove meses, nove, e eu não consegui te esquecer. Saber que eu tinha certeza que tinha conseguido, mas foi só eu te ver pra minha certeza descer pelo ralo. Meus olhos brilharam, meu coração disparou. Conheci pessoas, gostei de novo. Mas é triste constatar que você ainda ocupa o mesmo lugar, talvez não o mesmo tanto, mas de alguma forma eu percebo que pouca coisa mudou.
E sabe o que mais doeu? Perceber que pra você eu não sou nada. Você simplismente me tratou com a mais pura indiferença, como se você nem me conhecesse; como se a gente não tivesse se visto todos os dias durante 5 anos. Como se a gente não tivesse dividido sorrisos e gestos, que no fundo eram só nossos.
Dói saber que você não deve ter lembranças de mim. Talvez você lembre de mim triste, pelos cantos; que sorria quando te via e que ficava sentada embaixo da árvore pensando besteira. Mas você nunca vai lembrar da verdadeira Leidiane, uma que sempre quis te fazer feliz.
A minha vontade naquela hora, era descer da moto e te puxar pelo braço e te dizer o que eu sinto, o tanto que eu já chorei por ti e você nem ao menos pra me consolar, oferecer um ombro. Só Deus sabe quantas vezes eu quis sair correndo daquela sala, quantas vezes eu quis te abraçar. E ao mesmo tempo que eu ficava feliz em ouvir 'Eu te amo', eu não conseguia acreditar.
Eu precisava de gestos, sorrisos. Precisava que você me abraçasse. Me dissesse que eu soulinda, que você me colocasse no colo. Mas o que eu tive de você foi o desprezo, as vezes um sorriso, as vezes tratada mal, e sempre que isso acontecia eu jurava que não ia mais falar contigo, mas a promessa só durava até o outro dia. Mas eu não te culpo, a errada sou eu. Eu esperei muito daonde não vinha nada.
Talvez você me amasse, só não era da forma que eu queria. Talvez você me amasse com tudo o que você pudia e eu não percebia. Talvez os teus 'eu te amo' fossem verdade. Talvez não era só ilusão. Mas é que eu não consigo acreditar só em palavras, eu queria ver nos teus olhos, ler em tudo o que você fizesse.
É que palavras as vezes são esquecidas. Mas os gestos, ah, esses independente do tempo a gente lembra.


# Ai gente tão triste; só falta dois meses pra eu virar segundão, entrar os calouros e o povo do terceiro ir embora. Ninguém sabe o quanto dói, foi tantas amizades feitas, tantos sorrisos divididos, momentos. O que vai ser de mim quando eu ver eles partirem? E o pior, saber que talvez eu nunca mais veja nenhum deles. Sentir saudades do Oclisio, primeira amizade que eu fiz lá dentro, Arlison, Eider, Melk, Felipe, Emerson, Emanuel, Deibson, do Neto nem se fala; quem vai me atentar no banco da árvore depois do almoço? Quem vai me chamar de enjuada? Com quem eu vou gritar e bater? É esse o triste em fazer amizades; um dia elas partem.

P.S. Desculpem a demora pra postar. Muita coisa pra fazer e preguiça :)

P.S.². Ouçam: Será (Legião Urbana)

P.S³. Imagem do blog: viida faceiira

Boa tarde e beijos ;*

8 comentários:

''Tay' disse...

Mesmo com todo o tempo do mundo as vezes é impossivel esquecer certas coisas, mas voce acaba superando ^^
E quanto aos seus amigos tenho certeza que todos irao se lembrar de voce pra sempre e espero que voces continuem mantendo contato ^^

bjus =*

Maria Eduarda disse...

Saudades de vim aqui! E faltam dois meses para eu ir pro primeiro ano kk vou sentir falta de muita gente =/ as imagens do blog vida faceira são lindas, adoro lá.

Beijinhos

E.Suruba disse...

Saudades dói :/

Tania T. disse...

Que post triste... =(

"Palavras até nos conquistam temporariamente, mas são as atitudes que nos ganham para sempre!"

O post ficou lindoo.. mas achei tão triste.. cortou o meu coração!! rsrs'

Bjão!!

Babih Xavier disse...

AAh 2 anos e ainda naum esquecí... minha vida tbm é cruel rsrs

Atreyu disse...

O problema é que a gente fica naquela de pensar, e pensar, e pensar.. mas depois supera

Carol disse...

te entendo, eu ano passado estava em uma escola, esse ano em outra e ano que vem em outra diferente :/
sou péssima pra aceitar separações, me machucam muito.

› renata disse...

Leidiane, relacionamentos não prestam :/
eu sei, falar isso não vai ajudar em nada *dur* mas nunca bote as pessoas em primeiro lugar, até porque, se elas te tratam como opção não vale a pena lutar só pra aumentar o ego delas, certo?
fica bem, ok flor? *-*
beijo ;*