BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Foi embora mas eu nunca disse adeus...


"Eu nunca vou me perdoar por ter subido naquele ônibus. Nunca. Mesmo sabendo que eu tinha que fazer isso. Eu achava que eu ia estar preparada pra isso, mas não estava; mesmo tu me falando quase todo dia; "Só falta dois meses pra ti não me ver nunca mais...", "Só falta um mês pra ti não me ver nunca mais...". Mesmo assim eu não consegui segurar as lágrimas dentro do ônibus, as mesmas que eu não consigo segurar agora.

A minha vontade foi de pedir pro motorista parar, que eu tinha que fazer uma coisa. Te dar um último abraço, um último beijo e dizer um último 'eu te amo', assim, olhando nos teus olhos. Mesmo sabendo que esse último nunca chegaria. Apesar de nesses últimos dias a gente não estar muito próximo, doeu, a ponto de fazer eu pensar que nada mais faria sentido.
Vim pra casa com a pior dor que se pode sentir; perda e arrependimento. Perda; por saber que tu pode me esquecer, que talvez tu não lembre mais de mim. "Eu não vou mais gostar de ti, porque eu não vou te ver mais." Tu nem imagina o quanto doeu te ouvir falar isso. Arrependimento; por não ter feito o que eu devia fazer, por ter vindo embora, por não ter ficado contigo só mais um pouco. E eu vou ter que carregar isso comigo sempre.
Eu não sei como vai ser chegar no Instituto e não te ver lá, não te chamar de abestado, te bater, gritar contigo, te abraçar. Saber que nunca mais vou sentar no banco da nossa árvore e deitar no teu colo, que eu não vou mais rir das tuas doidices, sei que o máximo que vai acontecer é a gente se falar por telefone e tentar matar as saudades assim, a distância. E o que resta é me conformar.
A dor é tão grande, parece que deixaram um grande buraco no meu coração, e agora só vem na minha mente nossos momentos, o que tu falava pra mim, os nossos sorrisos de quando estavamos juntos. De como tu brincava comigo, e as vezes me olhava serio e me chamava de enjuada, de chata. Sabe nunca mais vou sorrir, ou te olhar torto quando tu tiver chegando perto de mim.
Nunca mais vou te ver no Tio conversando com os teus amigos. Nunca mais vou te ver fazendo ceninha de ciumes por causa do "meu cobrador". Saber que não vou te ver mais com vergonha dos teus amigos, por tu estar sendo bobo pra mim, ou por estar com ciumes deles comigo. Me sinto tão bem do teu lado, contigo sou totalmente eu. É tão bom saber que eu posso gritr contigo, mandar tu se f*, e que o máximo que tu vai fazer é rir e mandar eu ir me f*. Saber que no mesmo telefonem que a gente se xinga, a gente vai dizer; 'eu te amo.'
E que se eu te magoar é só te abraçar e pedir desculpas, ao contrário de mim que faço um drama e digo que nunca mais é pra te falar comigo, mas no final eu sempre volto atrás. E não, não pense que eu te uso, eu preciso de ti é muito diferente, talvez eu tenha descoberto um pouco tarde, que tu é muito importante pra mim, e eu não sei quantos erros teus eu aceitaria pra ti ter do meu lado.
Uma coisa que eu vou guardar sempre pra mim era a minha tristeza ao chegar em casa. E a noite quando todos foram dormir, as lágrimas rolaram, te liguei chorando e pedi pra te ir me ver em fevereiro. Que eu tava com saudades, e tu do outro lado, disse que tava chorando também e me perguntou porque eu tinha ido embora; e que por minha culpa tu tinha voltado a fumar. E como o mundo da voltas, há algum tempo atrás, num feriado qualquer tu me ligou e disse que quando tu fosse embora, tu ia me ligar e dizer que tava morrendo de saudades de mim e me perguntou o que eu falaria, eu respondi que só ia ficar achando graça. Pois por incrivel que pareça ontem a noite aconteceu o contrário; eu disse que tava com saudades e tu que riu.
Ficaram as lágrimas, os abraços e os beijos dados, os 'eu te amo' ditos, os carinhos e palavrões trocados, os gestos e muita saudade no peito. Mas também ficou os abraços, beijos, saudades, carinho e muitos sorrisos te esperando para ser distribuidos em fevereiro, mesmo sabendo que não vai ser do mesmo jeito. Eu te amo e vou sentir muitas saudades tuas."

Ass: Tua enjuada <3


# Gente muita coisa pra dizer, muita coisa acontecendo; por enquanto preferi postar esse texto que está falando por tudo que eu estou passando agora. Ele foi escrito num momento de muita tristeza, mas que ainda bem está passando, graças ao chamado telefone. Depois vou falar sobre a despedida dos meninos do 3º. Não sei se vou postar no natal então, meus amores tudo de bom, que papai noel tragam os presentes pra vocês. Que Jesus ilumine a todos vocês nesse ano novo que está chegando e obrigada por tudo.

P.S. Ouçam: Sorri sou rei (Natihuts e Claudia Leitte)

P.S². Imagem do blog: viida faceiira

Boa tarde e muitos beijos ;*

5 comentários:

Tania T. disse...

Uma coisa é certa...

Tudo passa... Ou pelo menos quase tudo..rsrs'

A dor que fere o peito, a tristeza.. isso vai passar, tenha certeza!!

Desejo tudo de bom pra vc!!

FELIZ NATAAAAL!! hehe'

BjoO

''Tay' disse...

Oie, acho que na vida tudo passa nao é mesmo? Isso tambem irá passar ^^
Feliz Natal.

bjus =*

Sabrina Vaz disse...

Ola! Conhecendo blogs novos.

Lindo o texto!


Beijos e sucesso!

Atreyu disse...

TVP TVP TVP
A gente tem q se agarrar a isso

Maria Eduarda disse...

Sei exatamente o que você está sentindo e é horrível, vai passar, mas na primeira oportunidade, volta. Só não deixe isso acabar com você, não vale tanto a pena. Feliz ano novo, estava com saudades.