BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

sábado, 26 de dezembro de 2009

Os olhos...


Se um simples olhar podesse dizer tudo o que sentimos, agora eles estariam dizendo o quanto eu estou deprimida, triste e até mesmo decepcionada o bastante para me importar com os outros ou até mesmo com você.
O que você fala, ou diz já não me magoua como antes, as cenas que eu vejo já não me penetram com tanta tristeza. Acho que já estou conformada com tudo isso.
A raiva que estou sentindo é incontável, mas ao mesmo tempo não passa de uma decepção com eles. Logo agora eles iam tirar o meu divertimento. Eu preciso fugir daqui, quanto mais rápido melhor.
Pra talvez não enlouquecer com isso, estou com nauseas, parece que imaginar isso me dá nos nervos, como via estar lá em casa quando eu chegar? Droga, eu quero sair daqui, ir embora para um lugar distante de todos.
Talvez ouvit o vento bater, levando os meus cabelos, ficar só sem pensar em nada, nem ninguém e istó inclui você. Ficar só pode ajudar a me acalmar e nem quebrar ao chegar em casa.
Diferente dos outros dias, eu não estou tentando esconder minha raiva, decepção, sentimento, tristeza que estou sentindo. Quando me sorriem eu apenas retribuo com o sorriso mais falso que eu tenho; quando retribuo.
Quando perguntam se estou bem, respondo que sim, sem a minima vontade de convencer alguém. Eu estou ótima, não fui batida por nenhum carro, nem atiraram em mim, nem me bateram. Ainda não tentei me suicidar, então está tudo perfeito.
Se fechar os olhos conseguiria ver o escuro, a minha cabeça não está doendo, e nenhuma outra parte do meu corpo. Apenas percebo que se eu quisesse, as lágrimas sairiam sem nenhum problema aparente, mas tudo bem.
Tenho que resolver isso, ou pelo menos tentar. É dificil explicar isso tudo; simplesmente eu não estou bem já faz tempo, isso só veio a piorar a minha situação.
As pessoas estão calmas ao meu redor, parece que não querem se intrometer nos meus problemas, o que é de verdade bom, pelo menos pra mim. Hoje vim a aula, muito mais chata do que de costume, sintomas da raiva.
Arte, que droga, eu aqui preocupada com um monte de coisas, triste e a professora falando de arte. O que é viver a vida? Esquecendo o passado, viver o presente e esperar o futuro!? Boa resposta ou boa pergunta? Não sei é melhor eu ouvir a história da Édipo.
Deu tudo certo! "Sorria, porque ainda há esperança" Obrigada pela frase, Rafa!

P.S. Texto escrito no dia que a minha mãe queria tirar a internet!

P.S². Alucinador (Marjorie Estiano)

Boa noite amores e beijos ;*

9 comentários:

ϟJoyce Amancioϟ disse...

Texto perfeito! *-*
Bjos♥

Yasmin disse...

Nossa, que texto hein!
Amei!
Você escrevi muiiito bem!
bejoo

E.Suruba disse...

sempre há esperança! espero que dê tudo certo! te seguindo!

Mαrih Menezes; disse...

Leidiane,
não sei como você chegou ao meu blog, mas adorei você ter chegado lá! E fiquei feliz por se tornar seguidora :)
Você escreve com os sentimentos, e achei esse seu texto muito bom. Tô te seguindo também :D
Beijos, e espero que continuemos nos falando :**

''Tay' disse...

Texto perfeitoo *-*
adorei.

bjus =*

Jamylle Carvalho disse...

Adorei o texto e amo essa música *-*

Tania Girl disse...

Adorei!!!
Se tratando de olhos, eu amo tudo...rsrsrs
perfeito de verdade!!!
bjus
feliz 2010 desde já!

E.Suruba disse...

já me senti assim! escutava muito brava nessa época! Brava banda! tem uma música deles chamada: Todo mundo acho! me ajudou muito porque não me sentia tão só com aquele sentimento!

Leidiane disse...

Obrigada amores!
Amodoro vcs!!
Bjos ;*