BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

sábado, 4 de setembro de 2010

Terças

1ª SITUAÇÃO
Terça, dia 23 de agosto. A gente não tem as duas primeiras aulas de manhã, porque o módulo de climatologia só vai começar em setembro. Então fui pro colégio 9:00, chegando lá, me falaram que nós também não iamos ter as aulas de desenho técnico, o almoço só 11:30, então a Pâmela me chamou pra gente ir no Centro, enquanto dá a hora do almoço, eu avisei a Alessandra e fui, nisso já era umas 9:30.
Comprei o meu ticket e fomos pra parada de ônibus. Esperamos até que o UFPA passou -ônibus em que os motoristas andam igual doidos- a gente sentou na parte antes de passar a roleta. O meu celular estava no mesmo bolso em que estava o meu ticket, quando eu fui sentar no banco o meu celular ficou me incomodando, então eu tirei ele do bolso, só que o ticket veio junto e acabou caindo entre o meu banco e o da Pâm, eu já ia me ajeitar pra pegar ele mas...
Mas pro meu azar o vento levou o desgraçado, ele -o ticket- começou a sair andando, passando por baixo das poltronas. Aí eu me desesperei, meu R$ 1,00, meu almoço estava voando. Eu levantei do banco e gritei pra Pâm:
PÂMELA MEU TICKET, SEGURA MEU TICKET!
Passei a roleta deseperada, e sai andando dentro do ônibus em movimento, entre cai não cai. Cheguei lentamente perto dele -é queridos leitores, com medo que ele podesse fugir- e me joguei no chão do ônibus e o segurei com os dedos. Depois a única coisa que eu consegui fazer foi colocar a mão na poltrona e chorar de rir. A cobradora tava com uma cara de medo e Pâmela não se aguentava de tanto rir.
Me levantei descentemente como se nada tivesse acontecido, paguei minha passagem e sentei em um banco. Mas não posso reclamar não foi tão ruim, eu garanto podia ser pior:
1º Não tinha quase ninguém no ônibus, talvez umas 4 ou 5 pessoas.
2º Eu consegui recuperar meu ticket, ou seja, eu almoçei.


2ª SITUAÇÃO
Terça, dia 30 de agosto. Como na terça passada não teve aula de manhã, então eu resolvi que só ia a tarde pra escola. Tomei banho, vesti uma calça, coloquei uma sandália baixa e minha tia disse:
Vai chover é melhor tu ir logo, se não tu vai pegar chuva.
Quando eu saio de casa começa a chuviscar, abro a minha pobre sombrinha -aquelas que qualquer chuvinha quebra- e vou descendo a Barão. Derepente começa a cair uma tempestade, eu chego no ponto de ônibus toda ensopada do joelho pra baixo. Pra minha sorte o COHAB não demora, faço sinal pro ônibus e vou embora pra escola. Isso ainda era umas 13:05, e só ia ter aula umas 15:00. Ah, se eu soubesse. Vontade de matar um.

Moral da história: Isso é pra provar que:
1º Não precisa ser sexta-feira 13 pra se ter azar;
2º Não precisa nem ser sexta-feira, basta ser uma Leidiane.

Aula de matemática
Professor lendo a camisa do Paulo Victor (ou Tio): Não fui, eu juro! E essa seta pro lado?
Tio: É pra indicar que está ao lado!
Professor: O quê?
Tio: É pra indicar quem está ao lado!
Professor: E se ele for inocente?
Tio: Se fudeu.

É, eu estou cercada desse tipo de pessoas!

P.S. Ouçam: Tá vendo aquela lua (Exalta Samba)

Boa tarde e beijos ;*

2 comentários:

Tania T. disse...

rsrsrsrs' Acredite, não precisa ser você pra acontecer essas coisas... kkkk'

Muito bom o post.. ri a beça!

Beeijo

Carol disse...

realmente, não precisa ser sexta-feira 13 para ter azar kk eu sou uma azarada também kk